Gestão Estratégica MPMA 2016-2021

Novo Ciclo de Gestão 2016-2021

A implementação de modelos estruturados de governança, por meio da gestão e do planejamento estratégico, e da gestão por competências em todas as unidades e ramos do Ministério Público brasileiro são metas do Conselho Nacional do Ministério Público (CNMP).

Tais iniciativas visam a implementação de ações de modernização administrativa, buscando ampliar o atendimento às demandas da sociedade e oferecer resultados efetivos, em consonância com art. 37 da Constituição Federal, que consagrou a eficiência como um dos princípios reitores da Administração Pública.

Nesse contexto, o Ministério Público do Estado do Maranhão, no propósito de cumprir sua relevante missão constitucional, dá início ao seu novo ciclo de gestão estratégica, para o horizonte 2016-2021, ensejando avaliar e aperfeiçoar práticas atuais, tornar o planejamento, efetivo instrumento de gestão, permeando pragmaticamente todas as atividades institucionais, de modo a induzir ganhos de produtividade e melhorias nas condições de trabalho de membros e servidores.

Também inicia a implantação de um modelo de gestão por competências, em observância ao Decreto da Presidência da República n.º 5.707/06 e ao Acórdão do Tribunal de Contas da União n.º 3.023/2013, que objetivam fortalecer a capacidade do serviço público, aprimorando o fator humano para o alcance de desempenhos e resultados de excelência.

Na execução desses dois importantes projetos realizar-se-á estreito alinhamento com o Planejamento Estratégico Nacional, elaborado pelo CNMP, que propõe a incorporação de metas a serem alcançadas por instituições correlatas de todas as Unidades da Federação.

Para tanto, é fundamental reunir e sistematizar conhecimentos e experiências do maior número possível de integrantes do MPMA, motivo pelo qual solicitamos seu empenho e proativa participação.

Regina Lucia de Almeida Rocha
Procuradora-Geral de Justiça

Revisão do Plano Estratégico (2019)

Realização da Reunião de Avaliação da Estratégia (RAE) e Reunião de Análise Tática (RAT)

JUNTOS SOMOS MAIS FORTES!

“Abro essas minhas breves palavras com uma frase que venho sempre destacando e que simboliza todo o trabalho que aqui vem sendo desenvolvido: “sozinho podemos ir mais rápido, mas juntos vamos sempre mais longe! ”

Trabalho em equipe, essa é a tônica que nos move desde que assumi a procuradoria-geral de justiça há cerca de 3 anos e 9 meses. Destacamos desde o início a construção do planejamento estratégico como norteador de nossa gestão, uma edificação que se iniciou desde o alicerce, buscando em todas as regiões desse extenso Maranhão contribuições, discussões, críticas de toda sociedade e de nosso valorosos soldados, Membros e servidores, que, ao lado de cada munícipe deste Estado, nos ajudaram a avançar nesse processo.

Temos primado pela boa Governança, implantando novas técnicas para o alcance de resultados cada vez mais uteis ao cidadão, sempre com responsabilidade, eficiência, probidade, transparência, prestando contas à sociedade.

Recentemente fomos novamente contemplados, com muito orgulho, pelo CNMP, com várias premiações, e que nos consagraram como tricampeões na categoria “Combate a Corrupção”. Essas conquistas, repito, são frutos de imenso trabalho de todos, da observância do Planejamento Estratégico e da disseminação da cultura de resultados em favor do Estado Democrático a que servimos, mesmo com todas as restrições orçamentárias que a atual crise econômica nos impõe.

Não posso deixar de destacar que esse resultado também deriva de nossa capacidade de articulação de redes, em que colocamos horizontalmente NOSSOS PARCEIROS em prol da sociedade.

A Reunião que se realizada hoje congrega inúmeros objetivos e benefícios, dentre os quais destaco:

  • Criar base para inserção de uma gestão compartilhada;
  • Ampliar o sentido de missão e comprometimento com os resultados;
  • Gerar sinergia, estimular a motivação e o trabalho em equipe;
  • Preparar o MPMA para a gestão de mudanças estruturadas e torná-lo mais competitivo, útil e admirado;
  • E por fim, transformar o planejamento em efetivo instrumento de gestão e governança.

Considero, assim, que a condução dos projetos institucionais, sejam da área fim ou meio, aliado aos seus planos tático-operacionais, tem permitido ampliarmos um modelo de Ministério Público com atuação extraprocessual consolidada, e que tem nos colocado na vanguarda de ações que visam combater eficazmente a corrupção e a observância dos direitos e garantias fundamentais do cidadão.”

Luiz Gonzaga Martins Coelho

Procurador-Geral de Justiça

(Discurso do Procurador-Geral de Justiça na abertura da RAE 2019)