1) GRUPO REFLEXIVO NOVO OLHAR:

O projeto é voltado para grupos de homens em processo judicial, envolvidos em um contexto de violência doméstica e familiar contra a mulher, apresentando como objetivo principal o despertar em seus integrantes acerca de uma reflexão sobre suas atitudes nas relações com o gênero feminino, sensibilizando-os para um processo de mudança em que se estabeleça a paz e o respeito. O Grupo Novo Olhar contribui com atendimento especializado voltado ao Homem Autor da Violência Doméstica, acarretando na diminuição da reincidência destes homens. Além disso, busca promover momentos de reflexão e conhecimento sobres questões de gênero, raízes da violência contra à mulher, masculinidade, machismo, lei Maria da penha e direitos humanos.

2) CONVERSANDO COM ELAS:
O projeto “Conversando com elas” é uma iniciativa que visa a conscientização das mulheres acerca da Lei Maria da Penha, explicando detalhadamente, sobre os diversos tipos de violência. Para isto, o projeto é marcado pela promoção de palestras, manutenção de grupos, dentre outros, com a aproximação do Ministério Público e outros órgãos do Poder judiciário a sociedade em geral, atuando diretamente, de forma preventiva, a fim de diminuir os números de vítimas de feminicídio e violência doméstica e familiar, e consequentemente o número de agressores.

3) PATRULHA MARIA DA PENHA:

O projeto “Patrulha Maria da Penha” tem por objetivo viabilizar a instalação da Patrulha Maria da Penha nos municípios que possuem sede de Batalhão de Polícia Militar, ampliando, assim, a proteção de mulheres em situação de vulnerabilidade devido à violência doméstica e familiar, com a constante presença do Poder Público junto a estas mulheres vitimizadas. Para isto, é necessário a disposição de efetivo policial preparado para o atendimento de mulheres vitimizadas pela violência doméstica, além da existência de um carro policial com atuação direcionada para a patrulha. Atualmente, a patrulha Maria da Penha já está nos municípios de Balsas, Santa Inês, Caxias, Imperatriz, São Luís, dentre outras, com a atuação junto a outros municípios para a sua instalação.

4) CAOP/MULHER -ITINERANTE:

O projeto “Caop/Mulher - Itinerante” tem como principal objetivo de sua criação o fortalecimento da rede de apoio em todas as regiões do Maranhão, prevenindo a violência contra as mulheres, com a ampliação da atuação das redes para propor, articular, monitorar e avaliar políticas públicas de prevenção, assistência e combate à violência de gênero, envolvendo setores públicos, organizações da sociedade civil e sociedade em geral. Atualmente, o projeto já visitou a região da baixada maranhense, nas cidades de Pinheiro- MA e Guimarães-MA.

Página Principal

Conteúdo

Notícias

Voltar ao topo

2022 - O Ministério Público do Maranhão contra toda forma de discriminação e violência

Ministério Público do Estado do Maranhão © 2011 - É proibida a reprodução, alteração, distribuição e republicação de material contidos neste Portal, sem prévia autorização.