fachada promotorias Itapecuru MirimEm sessão do Tribunal do Júri da Comarca de Itapecuru-Mirim, realizada em 1º de outubro, o acusado José Reinaldo Teixeira Correa, mais conhecido como Fiin, foi condenado a 19 anos de prisão pelo assassinato de Hilton da Luz Teixeira, também chamado de Índio, cometido em 11 de julho de 2017.

Defendeu a tese do Ministério Público do Maranhão de homicídio qualificado (motivo fútil e utilização de recurso que impossibilitou a defesa da vítima), que foi acolhida pelos jurados, o promotor de justiça Igor Adriano Trinta Marques. Proferiu a sentença a juíza Layza de Jesus Paz Martins Mendes.

O homicídio foi cometido na Praça do Farol, em Itapecuru-Mirim, com uso de pedra e golpes de faca. A pena deve ser cumprida em regime inicialmente fechado na Unidade Prisional de Ressocialização de Itapecuru-Mirim.

Redação: CCOM-MPMA

 

Página Principal

Conteúdo

Notícias

Voltar ao topo

2021: O Ministério Público do Maranhão na defesa dos direitos humanos e da efetividade das políticas públicas

Ministério Público do Estado do Maranhão © 2011 - É proibida a reprodução, alteração, distribuição e republicação de material contidos neste Portal, sem prévia autorização.