logo mpma horizontal topo

DSC 0150DSC 0163 A comissão do Programa Memória Institucional do Ministério Público do Maranhão reuniu-se, na manhã desta terça-feira, 11, com o procurador-geral de justiça, Luiz Gonzaga Martins Coelho, na Procuradoria Geral de Justiça, para definir as atividades e publicações referentes à história da instituição, em especial para o próximo Dia Estadual do Ministério Público, 15 de maio.

Na referida data, serão também comemorados os 50 anos em que o chefe do MP estadual passou a ser indicado pelo governador. Anteriormente, o chefe do Ministério Público era o procurador-geral do estado.

Para a ocasião, estão previstos os lançamentos da revista Juris Itinera, o Informativo do Programa MP Memória e o terceiro volume da Coletânea das Principais Normas Internas.

Foram discutidos igualmente o relançamento do Processo da Baronesa de Grajaú, em novo formato, e, ainda, a publicação do processo relativo ao caso dos meninos emasculados (série de crimes, ocorridos nos anos 90, que vitimou 42 crianças no Maranhão e no Pará). A ideia é lançá-los no final do ano.

Estiveram presentes o coordenador do programa, procurador de justiça Teodoro Peres Neto, os promotores de justiça Cláudio Frazão Ribeiro, Ana Luiza Almeida Ferro, Márcio Thadeu Silva Marques e Marco Antonio Amorim, e a diretora da Biblioteca da PGJ, Maria dos Remédios Ribeiro dos Santos, além de outros servidores integrantes da comissão.

Redação: CCOM-MPMA

Página Principal

Conteúdo

Notícias

Voltar ao topo

2017 - O Ministério Público e o cidadão no combate à corrupção

Ministério Público do Estado do Maranhão © 2011 - É proibida a reprodução, alteração, distribuição e republicação de material contidos neste Portal, sem prévia autorização.