Fachada Promotorias da Capital São LuisA instalação de ambulatório multiprofissional nas redes públicas de saúde municipal e estadual de São Luís para atendimento dos pacientes curados da Covid-19 foi objeto de Recomendações do Ministério Público do Maranhão, emitidas no último dia 28, para a Secretaria Municipal e a de Estado da Saúde.

No documento, de igual teor para ambas as secretarias, a titular da 2ª Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde de São Luís, Glória Mafra, orienta que o ambulatório seja dotado de profissionais, como médico, enfermeiro, fisioterapeuta, psicólogo, fonoaudiólogo, farmacêutico, assistente social e nutricionista, para atuarem na reabilitação pós-Covid.

Também é recomendado que as secretarias garantam aos pacientes recuperados acesso à realização dos exames prescritos quando do atendimento pelo ambulatório.

Além disso, foi fixado o prazo de cinco dias úteis para que os gestores de saúde enviem à Promotoria de Justiça Especializada de Defesa da Saúde documento que comprove as ações desenvolvidas para o cumprimento das Recomendações.

 JUSTIFICATIVAS

Ao justificar as Recomendações, a promotora de justiça Glória Mafra considerou as constatações clínicas de que os pacientes recuperados da Covid-19 apresentam sequelas mesmo após a cura, como problemas pulmonares e/ou afasia ou disfasia pós-traqueostomia e perda de força e de massa muscular.

A representante do Ministério Público ressaltou, ainda, que “o acompanhamento desses pacientes resultará em contribuição para a pesquisa científica referente à Covid-19”.

Redação: CCOM-MPMA

Página Principal

Conteúdo

Notícias

Voltar ao topo

2020 – O Ministério Público no fortalecimento do controle social

Ministério Público do Estado do Maranhão © 2011 - É proibida a reprodução, alteração, distribuição e republicação de material contidos neste Portal, sem prévia autorização.