WhatsApp Image 2020 08 31 at 20.28.28O resultado do Concurso de Fotografia da Campanha Rede do Bem, promovida pelo Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos do MPMA e o Fórum Estadual de Prevenção da Automutilação e do Suicídio, foi divulgado na última quinta-feira,10, pela promotora de justiça e coordenadora do CAOP/DH, Cristiane Lago. Os estudantes vencedores foram conhecidos durante live musical com o cantor Marquinhos Leite, transmitida pelo instagram do artista.  

Durante a live, a promotora Cristiane Lago agradeceu a participação dos pais dos alunos e das escolas que participaram do concurso. “Nosso concurso foi um sucesso, considerando que não estamos tendo aulas regulares nas escolas, em razão da pandemia. Quero agradecer a todos os professores que ajudaram e também aos pais", destacou.

Cristiane Lago também destacou a importância dos parceiros que viabilizaram os recursos para a premiação. As três empresas que foram parceiras do concurso são: Hospital São Domingos, Clínica Estância Bela Vista e o Instituto Ruy Palhano. 

O concurso, que integra a Campanha Rede do Bem, tinha como público-alvo estudantes de escolas públicas de todo o estado do Maranhão, visando, assim, promover a conscientização da prevenção ao suicídio e automutilação no ambiente escolar. Durante o período em que as inscrições estiveram abertas, o CAOP/DH recebeu 392 fotografias.

De acordo com os critérios estabelecidos no edital, como adequação ao tema, criatividade e originalidade, foram selecionadas três fotografias, cujos autores serão premiados cada um com um aparelho celular. Os participantes deveriam enviar uma imagem com a temática da natureza seguida da complementação da frase: “Essa imagem me faz bem porque..” 

O primeiro nome anunciado foi o da estudante de 17 anos da cidade de Estreito, Milena de Brito Barros. A adolescente, que estuda na escola Centro de Ensino Frei Gil, enviou uma fotografia com a imagem de um ipê amarelo, com a frase: “Essa imagem me faz bem porque me inspira a ver a beleza da vida”. 

A estudante Evelin Beatriz Sousa, 12 anos, da Escola Municipal Sudelândia, que reside na cidade de Açailândia, foi o segundo nome anunciado. Ela enviou uma imagem de dois pintinhos, com a frase: “Essa imagem me faz bem porque mesmo os seres abandonados sobrevivem”. 

A aluna Catarina Sousa Campos, 16 anos, foi o terceiro nome anunciado. A ludovicense, que estuda no Liceu Maranhense, enviou uma foto com a imagem dos coqueiros da Avenida Beira-Mar. A frase enviada pela estudante foi: “Essa imagem me faz bem porque o sol, mar e palmeiras me fazem imaginar que tenho o céu todinho para alcançar, mas, sobretudo, me indicam quando devo parar”. 

As três estudantes receberão os aparelhos celulares nas promotorias das suas cidades. Trinta fotos que participaram da competição integrarão o livro com textos educativos de prevenção ao suicídio. 

No Instagram do Ministério Público estão sendo postadas algumas fotos participantes. 

Redação: Oséas Batista (CCOM-MPMA)

Página Principal

Conteúdo

Notícias

Voltar ao topo

2020 – O Ministério Público no fortalecimento do controle social

Ministério Público do Estado do Maranhão © 2011 - É proibida a reprodução, alteração, distribuição e republicação de material contidos neste Portal, sem prévia autorização.