lana selecionadaA promotora de justiça Lana Pessoa, membro do Centro de Apoio Operacional dos Direitos Humanos (CAOp-DH) foi a entrevistada do programa Estação Ministério Público, no último sábado, 2.

Participaram do programa também, como convidados, o psicólogo do Tribunal de Justiça do Maranhão (TJ/MA), Paulo Guilherme Rodrigues; a assistente social Daiana Andrade e a diretora do CAPs Infanto-Juvenil, Liziane Castro. Na pauta, os entrevistados abordaram as políticas públicas de prevenção ao suicídio.

Os entrevistados relataram o empenho para desenvolvimento do programa interinstitucional “Juntos pela Valorização da Vida”, que reúne instituições como TJ, Governo do Estado, Assembleia Legislativa, entre outros. A promotora de justiça relatou a dificuldade de tratar o tema, principalmente pela ausência de políticas públicas eficientes e, consequentemente, falta de diagnóstico e estatísticas. “Ainda há um preconceito muito grande por parte das famílias, em compartilhar que um familiar passou por isso. É preciso ficar atento. Quando uma pessoa comete o suicídio é porque ela não está bem, não está feliz, e quer acabar com o sofrimento, não necessariamente por fim à vida”, explicou Lana Pessoa.

O Centro de Atendimento Psicossocial (CAPs) recebe constantemente pacientes vítimas de automutilações e tentativa de suicídio, geralmente jovens. A diretora do órgão explicou que a Secretaria de Estado da Saúde está realizando um rastreamento dos casos, por isso atualmente a notificação de tentativa de suicídio, automutilação e suicídio é obrigatória. A ideia é identificar o sexo, a faixa etária, se os casos ocorrem mais na capital ou interior, e com isso ter um direcionamento para as políticas públicas de prevenção.

A assistente social Daiana Andrade esclareceu que o suicídio está presente em todas as classes sociais e reforçou a importância da família na prevenção, na identificação do problema e tratamento, pois têm sido cada vez mais frequentes casos de automutilação com crianças.

O psicólogo do TJ/MA alertou que entre os principais motivos para o suicídio estão transtornos emocionais, como a depressão e problemas financeiros.

O programa Estação Ministério Público vai ao ar todos os sábados, ao vivo, às 9h, pela Rádio Jovem Pan News São Luís AM 1340KHz.

Redação: Daucyana Castro (CCOM-MPMA)

Foto: Francisco Colombo (CCOM-MPMA)



Clique aqui para baixar o áudio

Página Principal

Conteúdo

Notícias

Voltar ao topo

2017 - O Ministério Público e o cidadão no combate à corrupção

Ministério Público do Estado do Maranhão © 2011 - É proibida a reprodução, alteração, distribuição e republicação de material contidos neste Portal, sem prévia autorização.