https://www.mpma.mp.br

Notícias

MPMA realiza ações alusivas ao Maio Laranja

Publicado em 27/05/2022 12:50 - Última atualização em 27/05/2022 12:54

Caminhada em Buriticupu

O Ministério Público do Maranhão tem realizado, ao longo deste mês, várias ações alusivas ao Maio Laranja, campanha que tem como objetivo conscientizar para o combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes. A campanha teve como ponto alto o 18 de maio, data que marca o Dia Nacional de combate a essa prática.

As ações foram realizadas em vários municípios maranhenses por meio das Promotorias de Justiça com atribuição na matéria da Infância e Juventude, com o apoio do Centro de Apoio Operacional da Infância e Juventude (CAO-Infância).

Ações

Em Buriticupu, a Promotoria de Justiça, sob responsabilidade do promotor José Frazão Menezes, realizou mobilização de 71 escolas da sede e do campo abordando a temática. Durante todo este mês, estão sendo realizadas palestras e rodas de conversa nas unidades de ensino. No dia 18 de maio, foram realizadas blitz nos bairros pelos funcionários e alunos das escolas, além de uma caminhada de sensibilização. “Com o trabalho feito em unidade conseguimos levar a mensagem a toda a comunidade”, destacou o promotor.

Em São Bento, a Promotoria de Justiça, que tem como titular a promotora Laura Amélia Barbosa, também realizou uma caminhada no Dia Nacional de Combate ao Abuso e à Exploração Sexual de Crianças e Adolescentes.

Já em Açailândia, o titular da 2ª Promotoria de Justiça Cível no município, Tiago Quintanilha Nogueira, realizou uma reunião da rede do Sistema de Garantia de Direitos. Em Itinga, que também está sob a responsabilidade do mesmo promotor, foi realizada caminhada alusiva ao 18 de maio.

Outras caminhadas foram realizadas pelas promotorias de justiça nos municípios de Presidente Dutra, que tem como titular o promotor de justiça Clodoaldo Nascimento Araújo; e Magalhães de Almeida, sob responsabilidade do promotor de justiça Elano Aragão Pereira.

Mobilizações

Em Morros, a promotora Érica Ellen Beckman promoveu uma articulação da rede de proteção à criança e ao adolescente do município. Outras mobilizações semelhantes foram realizadas nos municípios de Arari, que tem como titular a promotora de justiça Patrícia Fernandes Ferreira; e Cedral, sob responsabilidade da promotora de justiça Linda Luz Carvalho.

Já no município de Urbano Santos, o promotor de justiça Orlando Filho organizou palestras para discutir a temática. Em Barra do Corda, a promotora de justiça Paula Cortez Gama, titular da 2ª Promotoria de Justiça, e a equipe do Ministério Público realizaram panfletagem em pontos estratégicos no município.

Foram realizadas, ainda, ações de conscientização sobre o tema nos municípios de Peri-Mirim, com organização da Promotoria de Justiça de Bequimão, sob responsabilidade da promotora de justiça Raquel Madeira; Carutapera, que tem à frente o promotor de justiça Francisco de Assis Júnior; e Luís Domingues.

As Promotorias de Justiça de Balsas também promoveram várias ações alusivas ao tema do combate ao abuso e à exploração sexual de crianças e adolescentes, entre as quais panfletagem e conscientização e ações do Projeto Bela Infância, no AgroBalsas.

São Luís Na capital, foi realizada pelo CAO-Infância e pela Escola Superior a Roda de Diálogos “O que eu preciso saber?”, no auditório do Centro Cultural, com a participação dos promotores de justiça Sandro Lobato, José Frazão Menezes e Elyjeane Alves Carvalho. O MP, por meio do promotor Márcio Thadeu, participou ainda de um painel temático na Câmara Municipal de São Luís. Foi realizada, ainda, uma mobilização social na Praça Deodoro, no dia 18 de maio, com a participação de integrantes do CAO-Infância.